16.5.13

O wär ich schon mit dir vereint

Elvira Ferreira como Marzelline

Sobre o estado actual do Teatro Nacional de São Carlos não me apetece falar. Está como o resto do país, a definhar, à espera de melhores dias. Basta. Prefiro que ouçam esta pérola de 1994, quando Elvira Ferreira cantou o papel de Marzelline em "Fidelio". Soubesse eu por onde andará o meu programa de sala e diria aqui quem, com ela, compunha o elenco. De luxo, sim. Recordo que Nadine Secunde era Leonore e que a encenação de Paulo Ferreira de Castro era belíssima. O maestro era Thomas Fulton.

O wär ich schon mit dir vereint
Und dürfte Mann dich nennen!
Ein Mädchen darf ja, was es meint,
Zur Hälfte nur bekennen.
Doch wenn ich nicht erröten muss,
Ob einem warmen Herzenskuss,
Wenn nichts uns stört auf Erden -
Die Hoffnung schon erfüllt die Brust
Mit unaussprechlich süsser Lust,
Wie glücklich will ich werden!

In Ruhe stiller Häuslichkeit
Erwach ich jeden Morgen,
Wir grüssen uns mit Zärtlichkeit,
Der Fleiss verscheucht die Sorgen
Und ist die Arbeit abgetan,
Dann schleicht die holde Nacht heran,
Dann ruhn wir von Beschwerden.
Die Hoffnung schon erfüllt die Brust,
Mit unaussprechlich süsser Lust,
Wie glücklich will ich werden!

16 comentários:

  1. Parece que só nos resta o saudosismo, Paulo. Esta sensação de que o melhor já passou é terrível.

    Ouvi Elvira Ferreira no Porto. Nos tempos em que o S. Carlos fazia digressóes... parece uma fantasia inventada, agora. E sim, as encenações eram geral em muito mais cuidadas e adequadas.

    Acertou logo no Fidelio, uma das minhas preferidas, uma das poucas óperas sérias que não acabam em tragédia e morte mas em libertação e esperança. Obrigado.

    Quanto a esperar por "melhores dias", Paulo, invejo o seu optimismo. Ressuscitar este país não deve ser para os meus dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Optimismo? Não diria tanto, Mário. Estando tudo em modo de queda livre, não sei onde estão as pontas por onde se lhe possa pegar

      Eliminar
    2. Lembro-me dela, bonita e muito expressiva, a cantar creio que Mozart; na altura, fiquei meio de pé atrás pelo sotaque - cantava muito à Puaarto! o timbre era bem bonito, contudo, e ela veio a ultrapassar a tripeirite,em boa parte, como mostra nesta gravação do Fidelio.

      Eliminar
  2. Viva Paulo,Beethoven,

    Eu vi o Fidélio em São Carlos, mas foi em 1995. Lembro-me perfeitamente da récita e da noite (acabou no Gambrinos, local a que ía muito pouco e penso que foi a última vez que fui lá). Este elenco, que tinha três grandes nomes (Secunde, Sottin e Nimsgern) e fizeram jus à fama, era composto por
    Nadine Secunde (Leonora), Jan Blinkof (Florestan), Hans Sottin (Rocco), Sigmund Nimsgern (Pizarro), Elvira Ferreira (Marzelina), Mark Bowman-Herter (Jacquino)
    Não se lembra do Nimsgern aparecer com uns cães-polícias que estavam pouco calmos? Pelo memos na noite em que fui.
    Elvira Ferreira era uma excelente cantora, como o provou nesta récita. Eu vi-a também na Meg do Falstaff, mas não me lembro se a vi noutra ópera.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Raul.

      Obrigado por identificar aqui os cantores. Se bem me lembro, houve uma reposição do "Fidelio" um ou dois anos após a estreia da encenação, e não sei se terá havido alguma alteração no elenco. Na minha récita os cães também estavam um pouco irrequietos mas portaram-se bem.

      Eu vi Elvira Ferreira em vários papéis: Marzelline, Gilda, Liù, Berta, e também em recital. Cantou recentemente no concerto dos 25 anos de Elisabete Matos e recomenda-se. Tivéssemos nós um Teatro que soubesse aproveitar os nossos cantores...

      Eliminar
    2. Entretanto, Raul, soube que os pastores-alemães costumavam estar muito quietinhos nos bastidores, em amena convivência com os cantores. Mas assim que lhes aparecia o Pizarro à frente arreganhavam os dentes. Estavam muito bem treinados.

      Eliminar
  3. Bosc d Anjou16.5.13

    Valkírio para Ministro do Ouver nos 10 primeiros governos pós-troïka!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah ah ah. O wär'ich Minister, que é como quem diz se me deixassem mandar.

      Eliminar
  4. A título informativo, nas récitas de estreia da produção ora aludida de "Fidelio", ocorridas em Abril de 1994, o elenco artístico incluía Nadine Secunde, Jan Blinkhof, John Macurdy, Bodo Brinkmann, Elvira Ferreira Gudbjornsson, Jorge Vaz de Carvalho, Carlos Santos Silva e Miguelângelo Cavalcanti, sob a égide de Thomas Fulton.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Hugo.
      Tinha ideia de que os elencos não eram iguais nas duas temporadas. Eu vi o "Fidelio" com os mesmos cantores que o Raul.

      Eliminar
  5. Eu penso, mas não tenho a certeza, que o Jorge Vaz de Carvalho fazia o Don Fernando na récita que eu vi
    Sobre o próprio Fidélio em si, só queria acrescentar que adoro a ópera (não existe outra palavra) e, entre muitas gravações que possuo, tenho duas da Flagstad ao vivo do Met, uma delas (1941), dirigida por Bruno Walter, e que marca a sua despedida da América antes do seu infortunado regresso à Noroega.

    ResponderEliminar
  6. J. Ildefonso.17.5.13

    Terá sido gravada a produção pela RTP?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi, mas deve estar escondida nalguma gaveta.

      Eliminar
  7. J. ildefonso.18.5.13

    Ou então gravaram outra coisa qualquer por cima!

    ResponderEliminar