15.4.09

"E a árvore sangrou"

(...) Segundo alguma literatura, foram os botões vermelhos emergindo do tronco que inspiraram o nome árvore-de-Judas, ao sugerirem que a árvore teria sangrado quando Judas nela se enforcou. (...)
(in Dias com árvores)

Facto é que, poucos dias antes da Páscoa, as olaias do Norte estavam ao rubro, na Quinta da Aveleda como nas ruas de Braga.




Cercis siliquastrum

15 comentários:

  1. Tão bonitas, Paulo... Ando encantada com estas árvores.
    Aqui na mourama os jacarandás preparam-se para florir.

    ResponderEliminar
  2. Maravilhosas estas queridas.Com as flores rosa choque muito juntinhas.

    ResponderEliminar
  3. As fotos estao divinais, mas daria ênfase à 1ª e à 3ª.. Muito bonito.

    Abraço

    Daniel

    ResponderEliminar
  4. Gostaria de perceber melhor estas coisas botânicas, para fugir ao trivial "é bonito" ou "gostei muito"...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. Obrigado. Ainda bem que gostaram. Um dia destes há mais.

    Gi,
    Já? Na Mourama-de-Cima ainda andam a tiritar. No ano passado vi as primeiras flores de jacarandá no dia 25. Veremos se eles este ano conseguem repetir a proeza.

    ResponderEliminar
  6. São olaias, senhores, olaias...onde judas se enforcou(reza a lenda...)

    (Malandro do gaijo, e ainda beijos lhe deu!) Vamos ver o que sobra delas depois desta chuvada...

    Abraços Largos;)

    ResponderEliminar
  7. Impossivel não utilizar o termo belo...belo o lugar, belas, as flores... pra comemorar a Páscoa?!

    ResponderEliminar
  8. A touch...of North...
    Lindas e lindas, parecem vestir os ramos!
    (guardo-me para ver o que aqui temos pouco: as flores roxas dos jacarandás aí)
    Feliz Primavera, Paulo.
    Bjinho

    ResponderEliminar
  9. Os espanhóis também as chamam de "Árvore do Amor"...

    ResponderEliminar
  10. Ophiuchus,
    Aqui em baixo já acabou o tempo delas e imagino que a chuva aí também não as tenha deixado de boa saúde.

    Lucia,
    Concordo. São árvores muito bonitas.

    Bettips,
    Tomara que elas cheguem.

    Manuel,
    Isso é muito curioso. Soube recentemente que os alemães também lhes chamam "Liebesbaum" além de "Judasbaum". Não conheço mais nenhuma língua em que elas se chamem assim.

    ResponderEliminar
  11. Explicação provável será o amor e a traição estarem associados a este rosa vivo, provocante...?

    ResponderEliminar
  12. [Uma vez que há olaias de flor branca, não deve ser a cor "provocante" que dá o nome (também usado em inglês) à árvore. Já reparou no contorno cordiforme das folhas?]

    ResponderEliminar
  13. Maria, obrigado por mais esta informação.

    Voltando ao nome "árvore do amor", foi para mim uma surpresa ouvi-lo em alemão (só conhecia a designação Judasbaum) e o Manuel Anastácio mencionar aqui que os espanhóis o usam. Ainda não consegui saber se em mais algum lugar as olaias se chamam assim.

    ResponderEliminar
  14. pois, também são rosa... mas adoro olaias, sobretudo se estiverem sem folhas. mais uma vez, as macros são fabulosas!


    abraço

    ResponderEliminar