20.2.08

Place Vendôme

Esta é a praça onde qualquer joalheiro digno da sua arte deve possuir uma loja. Não para estar sempre a olhar para a estátua de Napoleão no topo da coluna, mas porque ela é uma das mais belas praças de Paris: a Place Vendôme.


Está rodeada de residências burguesas (os hôtels particuliers) da primeira metade do séc. XVIII, algumas das quais foram ponto de encontro de personalidades do mundo das artes, da política, das finanças e da alta sociedade parisiense. Madame de Pompadour e Montesquieu frequentavam os jantares de sábado à tarde do Club de l'Entresol, que se situava nesta praça. Foi no nº 12 que Napoleão III conheceu Eugenia de Montijo, com quem viria a casar, e que Chopin deu o último suspiro, consumido pela tísica, em 1849.


Estando concentrados no quartier Vendôme todos os grandes nomes da joalharia e dos acessórios de moda, é este o local ideal para quem pretender abrir uma nova loja de chapéus vegetais.

(Chanel na Place Vendôme)

4 comentários:

  1. Una plaza preciosa, y aunque la he visitado varias veces, no sabía que Chopin había muerto ahí. De las plazas de París me gusta especialmente la de los Vosgos, es más íntima y reposada. Saludos.

    ResponderEliminar
  2. C’est trés chic tout ça, et ça fait plaisir de voir! J’attends l’ invitation pour l’ouverture du nouveau magasin ecologique, mais pour y aller il faut gagner un peu des sous, avant. Voilá ma proposition: trouver des nouvelles matiéres pour les chapeaux...et meme les chapeaux...un eut faire aussi un petir decor avec des arbres...

    ResponderEliminar
  3. As coisas que tu sabes e que eu não sei. Mas agora já fiquei a saber de algumas. Obrigada.
    'jinhos.

    ResponderEliminar
  4. Bem o memino veio remoçado em novidades

    ResponderEliminar