28.3.08

A florir

agora, no jardim do Museu de Arte Antiga.



Abundância (Ageratina adenophora)

5 comentários:

  1. Oi Paulo, sem jogo de adivinhações... mas fizeram-me lembrar o mentrasto, que brota em qualquer lugar espontaneamente, basta ter um pouquinho mais de umidade. Muito delicadas e também parece-me que mais nobres.

    ResponderEliminar
  2. lindas, lindas, as fotos e as flores!

    ResponderEliminar
  3. Lúcia, penso que esta planta é uma abundância, como encontrei num livro de flores da Madeira, com origem na América Central. O nome científico é Ageratina adenophora. Deve ser muito parecida, pois é da mesma família (Asteraceae) e os nomes genéricos também são aparentados.

    Paulo, se fores agora ao jardim do museu encontras vários arbustos desta espécie a florir abundantemente. Provavelmente também existem exemplares noutros locais mas não me lembro de as ter visto antes.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo30.3.08

    Paulo parece ser esta mesma. Sobe a abundância, veja esta página sobre invasoras, a comparação da estrutura das sementes. E não conheço no Brasil, o mentrasto que falei é erva, e este arbusto.
    Bom domingo!

    http://www.lucidcentral.org/keys/FNW/FNW%20seeds/html/fact%20sheets/Ageratina%20adenophora.htm

    ResponderEliminar
  5. Lúcia, obrigado.
    Não a imaginava tão invasora e apesar de o site mencionar Portugal como um dos países onde ela se encontra, nunca reparei nela antes.

    ResponderEliminar