12.4.08

Cocleária-menor

Na área de paisagem protegida do Parque Natural de Sintra-Cascais, bem perto dos miosótis-da-praia, encontrámos também a cocleária-menor. Tal como eles, esta espécie desponta em solo arenoso. É um endemismo lusitano, classificado como vulnerável.


Ionopsidium acaule

7 comentários:

  1. Já as tenho procurado, mas com menos sorte.

    ResponderEliminar
  2. Rosa, não são fáceis de encontrar.

    ResponderEliminar
  3. Nunca me tinha cruzado com esta espécie rara e ainda por cima endémica. Dá flores muito bonitas!
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  4. Este blogue é uma escola. De belezas florais e musicais. Abraço!

    ResponderEliminar
  5. Paulo, eu também nunca a tinha visto antes. É uma planta rasteira de flores muito pequenas, mal se dá por ela.

    Rato do campo, esta escola não aderiu às novas regras do Ministério da Educação. Aqui, é tudo à antiga, como no tempo da Dona Aurora, que nos castigava se não tivéssemos estudado a lição. Amanhã faço chamadas e ai de quem não souber todos os nomes das flores.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  6. Eu já chumbei! Mas o senhor professor dá uma ajuda, não dá?!
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. O senhor professor vai reconsiderar mas, mesmo que chegue a um acordo com os seus alunos, jamais dirá que recuou nas suas intenções.

    Beijos para ti também.

    ResponderEliminar