11.6.08

Sem título

Orobanche sanguinea (ou talvez O. foetida), parasita do Lotus creticus 
(Abril - Guincho)

8 comentários:

  1. E ainda havemos de guinchar mais, vais ver! Abraço!

    ResponderEliminar
  2. E esta é uma parasita, a sangrar a vizinhança.

    ResponderEliminar
  3. Pois, e então quando se armam em viçosas a sugar a energia toda à volta... É defumigá-las e mai' nada!

    ResponderEliminar
  4. Ui que ondas violentas não vão por estes blogs contra as pobres plantas! :)

    Bem Paulo, eu não conheço o Guincho (nem sei onde fica) mas pelas tuas fotos parece ser um local bem interessante. Nunca tinha visto esta criaturinha, só conheço as parasitas dos cistus, de que não me lembro o nome agora. Esta parece ainda mais interessante por ser tão grande em relação às hospedeiras, e aparentemente não está instalada sobre a planta (??)

    Seja como for tem uma cor linda!

    ResponderEliminar
  5. Sobre a planta hospedeira hospedeira, queria dizer!

    ResponderEliminar
  6. Jardineira, o Guincho fica entre Cascais e o Cabo da Roca.

    Esta planta, como não tem clorofila, instala-se nas raízes da outra e assim se alimenta. Parece que gosta muito de se alojar no Lotus creticus.

    ResponderEliminar
  7. Em resposta à Jardineira aprendiz: a parasita do género Cistus são as chamadas vulgarmente "pútegas" (Cytinus hypocistis).

    ResponderEliminar
  8. Obrigado, Manuel, pela achega das pútegas. Não as conhecia mas já fui vê-las.

    ResponderEliminar