15.10.07

Cores de Outono em Sintra #2


Camellia sasanqua

Syzygium paniculatum (?)


Anemone japonica

Maria Carvalho voltou a dar o seu contributo para a identificação destas plantas. Obrigado.

11 comentários:

  1. Oi, Paulo
    As cores de hoje estão suaves... Este cacho de frutinhas parece o da Acmena smithii, Myrtacaea, árvore australiana que carrega de flores brancas e depois frutas, se bem que os frutos da sua foto estão um pouco mais alongados. Por lá é conhecida como lily-pili e aqui pitanga da Guatemala pois veio por esta via. um abraço

    ResponderEliminar
  2. Lúcia, na segunda foto estão as primeiras camélias que vi este ano. Penso que são Camellia sasanqua.
    Fui procurar as frutinhas, mas as minhas são diferentes das que propõe, embora a cor seja muito parecida. Talvez seja uma outra espécie.
    Obrigado pelo comentário.

    ResponderEliminar
  3. Só o sul consegue ter estas cores de outono! Pelo post anterior, tem todas as cores de outono.

    Uma das lembranças que me ficaram das minhas passagens pelo norte é que as cores de outono são muito mais vivas (o frio influencia a cor das folhas) Aqui, na minha zona é quase tudo verde eucalipto, (quando não é castanho eucalipto) excepto algumas árvores nas vilas e cidades.
    E faz falta a cor de outono!

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Mesmo no Outono há flores bonitas. Só temos que olhar com atenção. por vezes mesmo rente ao chão. É o caso das Scilla autumnalis ou dos Leucojum autumnale, de tão pequeninas passam despercebidas. E é agora que estão no auge da floração.

    Adorei as cores de Outono.

    ResponderEliminar
  5. Jardineira e Cris, como este início de Outono tem sido suave, a permitir sensações de Primavera. Não fossem algumas espécies a darem o sinal, ainda pensaríamos que andávamos enganados.

    ResponderEliminar
  6. Muito bonitas!

    Aproveito para agradecer a simpática mensagem de aniversário!

    Cumprimentos,

    Moura Aveirense

    ResponderEliminar
  7. Lúcia: Os frutos são de exemplar do género Syzygium. E o Paulo descobriu que a espécie S. paniculatum tem muitas semelhanças com a planta que ele fotografou.

    ResponderEliminar
  8. Ola Maria e Paulo
    O fruto é mesmo diferente. Também achei parecida com S. paniculatum, mas a distribuição dos frutos parecia diferente. Dêem uma olhada também em S. oleosum, que vocês podem encontrar aqui: http://www.anbg.gov.au/cgi-bin/apni e http://www.tradewindsfruit.com/blue_lilly_pilly.htm.
    A Myrtaceae que tenho aqui, tinha sido identificada como Acmena smithii, mas pode ser também um Syzygium e será ótimo identifica-la corretamente pois plantamos grande quantidade delas em Osasco, SP. Vou fotografar. abraços

    ResponderEliminar
  9. Olá Lúcia.

    Obrigado pelos links que aqui deixou. As frutinhas da espécie que menciona parecem-me mais redondas que as da minha planta. Continuo, por isso, mais inclinado para Syzygium paniculatum, mas ainda sem certezas.
    Vi no "Australian Botany Pages" (o primeiro link no seu comentário) que só na Austrália existem cerca de 60 espécies de Syzygium:

    "Syzygium has c. 60 species in Australia but is the largest genus of Myrtaceae in the Old World tropics with between 600 and 1000 species."

    (Pelo menos estamos muito perto.)

    Um abraço para si também.

    ResponderEliminar
  10. O Outono é extremamente generoso!!!
    Belíssimas fotografias!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  11. Obrigado, Ez. E este está pouco outonal, apesar das cores. Dias gloriosos.

    ResponderEliminar