2.7.08

Roxas


Petrea volubilis (no Jardim Botânico)

9 comentários:

  1. Está na altura de fazermos uma visita ao Botânico... sim!!?
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Corro o risco de me repetir, mas gostava tanto de ter mão e olho para as fotos como tu tens, sobretudo para as flores... Parabéns! Abraço!

    ResponderEliminar
  3. Tão bela princesa, volúvel, nesse jeito de lágrimas roxas...

    ResponderEliminar
  4. Graças às tuas fotos tenho chegado à conclusão que o botânico tem muito mais variedade do que imaginava (é uma vergonha, mas nunca lá fui). Nunca tinha visto esta planta, é muito bonita!

    (ando a fazer uma ronda de vigilância ;) )

    ResponderEliminar
  5. Púrpuras, sagradas...

    Peço permissão e avanço: o vosso blog linka-se agora ao meu Novo: http://ophiuchus-threedecades.blogspot.com/ . Apareçam, eu estou por ali.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Essa não temos nós por cá. Um míope distraído pode ao longe confundi-la com uma glicínia. Lindas as fotos.

    ResponderEliminar
  7. Obrigado a todos.

    Apesar do estado de quase-abandono em que se encontra o JBL, há sempre bons motivos para o visitar: algumas raridades e alguns belos exemplares de espécies menos raras.

    Paulo Araújo, aqui em baixo também não é hábito tropeçarmos nela. Acho mesmo que não a vi em nenhum outro lugar.

    ResponderEliminar
  8. Lindas! Ao longe parecem glicinias mas de perto são mto mais bonitas. Não as conhecia.

    ResponderEliminar